MALLORCA

Verão em Mallorca é marcado por acidentes com turistas embriagados em hotéis

Dos 11 turistas que sofreram acidentes este ano em Mallorca, quatro morreram em Magaluf (Mallorca) e três aconteceram no mesmo hotel, o Eden Roc

EFE/ MANUEL H. DE LEON

A ilha espanhola de Mallorca vive um verão de trágicos acidentes com jovens turistas estrangeiros, principalmente britânicos, que consomem álcool em excesso e acabam gravemente feridos ou mortos após caírem das sacadas de hotéis, o que causou seis mortes neste ano.

Nesta quarta-feira, um adolescente britânico de 14 anos foi internado em estado grave em consequência dos ferimentos sofridos ao cair desde uma varanda de um hotel de Playa de Muro de Mallorca.

Além disso, um turista de 42 anos da mesma nacionalidade foi hospitalizado após cair ontem à noite de uma altura de 3,5 metros em um hotel da ilha vizinha de Ibiza.

A maioria dos últimos acidentes tem a ver com turistas muito jovens embriagados, ou que também consumiram drogas, que acabam caindo acidentalmente de grandes alturas.

Dos 11 turistas que sofreram acidentes este ano, quatro morreram em Magaluf (Mallorca), uma região turística muito frequentada por jovens britânicos, e três desses casos aconteceram no mesmo hotel, o Eden Roc.

Em abril deste ano morreu uma escocesa de 19 anos; em junho, um irlandês de 20 anos: e em julho, um britânico, de 18.

Outra trágica morte aconteceu no início deste mês, a de um francês de 19 anos que entrou correndo em um hotel de Magaluf onde não estava hospedado, subiu correndo até um quarto no quinto andar e caiu de uma janela.

Anos atrás, a principal causa desse tipo de acidente eram as tentativas de saltar entre varandas dos hotéis, se jogar na piscina das mesmas ou “brincar” de ver quem aguentava mais tempo pendurado nas grades das sacadas, o que costumava terminar em tragédia. Tudo isso acompanhado de um elevado consumo de álcool.

O embaixador britânico na Espanha, Simon Manley, que tratou este assunto na terça-feira com a presidente da região das Ilhas Baleares, Francina Armengol, lamentou estas mortes trágicas em férias e as graves sequelas que sofrem os sobreviventes.
Manley propôs continuar com as campanhas preventivas e aumentar a segurança nos hotéis.

O hospital Son Espases de Palma informou hoje que nos últimos cinco anos 47 pacientes foram internados após caírem de grandes alturas, embora este número inclua tanto este tipo de situação, como as tentativas de suicídio e os acidentes fortuitos.

O Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido iniciou neste ano uma campanha de prevenção com a parceria do cirurgião espanhol Juan José Segura, do hospital citado.

Em 95% dos casos são homens que consumiram grandes quantidades de álcool e também drogas em 30% das ocasiões, segundo dados de Segura.

Marcados com: ,
Publicado em Destinos

Turismo TV <p>Bolso con estampados típicos españoles. Foto: Grupo LK</p>
Ver vídeo

Quais lembrancinhas os turistas levam da Espanha? (em espanhol) duração: 2.05

Ver mais vídeos

Tags