MÚSICA

Gilberto Gil celebra os 40 anos de “Refavela” em Madri

“Patuscada de Gandhi” foi a música com a qual Gil entrou em cena em um ato quase religioso, vestindo branco e fazendo menções a entidades.

EFE/ Arquivo

Gilberto Gil comemorou ontem, em Madri, os 40 anos do mítico disco “Refavela” com uma explosão de ritmos na capital espanhola.

Com um atraso de 30 minutos, o show previsto para às 20h30 começou bastante tímido em um aquecimento regido pelo cantor carioca Domenico Lancellotti, que se mostrou versátil e multitalentoso.

Às 22h, o público já gritava “Gil” e então o tributo “Refavela 40” mudou a cor e o clima da Sala Riviera.

A cantora cabo-verdiana Mayra Andrade foi quem teve a difícil missão de abrir a noite com a canção que dá nome ao álbum. Em um verdadeiro jogo em cena, cantores e músicos trocavam as funções a cada canção – o disco original conta com dez, mas, para o show  de ontem, Bem Gil escolheu outras cinco que “orbitam ao redor de Refavela” para o pai.

“Patuscada de Gandhi” foi a música com a qual Gil entrou em cena em um ato quase religioso, vestindo branco e fazendo menções a entidades. Esta batida ancestral marcou o ritmo da festa que foi “Refavela” em Madri e que recupera uma longa viagem de Gil à Nigéria, em 1977, quando entrou em contato com o “afrobeat” e a “juju music” representados também pelos instrumentos do continente africano.

Gil era um menino no palco e brincou o tempo todo. Entre um pulo e uma dança, ele praticamente se esqueceu que tem 76 anos e que precisou ser hospitalizado algumas vezes nos últimos anos por problemas renais e cardíacos.

Com a frase “O melhor lugar do mundo é aqui e agora“, como inicia a canção “Aqui Agora”, ele e os fãs tiveram certeza de que não existia lugar melhor para estar do que aquela sala naquela noite de verão em Madri.

Gil lembrou Bob Marley e o seu clássico “Exodus” e, com invejável vitalidade, se despediu do público com “Babá Alapalá” em um catártico encerramento com pedidos de bis.

A turnê pela Europa seguirá por Enghien-les-Bains (França), Montreux (Suíça), Vienne (França), Arles (França), Barcelona (Espanha), Perugia (Itália), Veneza (Itália), Monforte D×Alba (Itália), Berlim (Alemanha) e Lanuza (Espanha). Em agosto ele volta para o Brasil, onde fará novos shows.

Em maio, Gilberto Gil cancelou o show que faria em Telaviv (Israel) como resposta aos protestos em Gaza.

Marcados com: , , ,
Publicado em Cultura

Turismo TV <p>Bolso con estampados típicos españoles. Foto: Grupo LK</p>
Ver vídeo

Quais lembrancinhas os turistas levam da Espanha? (em espanhol) duração: 2.05

Ver mais vídeos

Tags