TURISMO DE PROPÓSITO

Como conhecer a Rússia gastando menos?

Por conta desse dilema, atualmente existem algumas formas de conhecer outros países sem ter que arcar com todos os gastos, uma delas é por meio do Turismo de Propósito.

Viajar é uma das melhores maneiras de se conectar com novas culturas. E, com a chegada de um dos maiores eventos esportivos do mundo na Rússia, a procura pelo turismo local aumentou. De acordo com o Voopter, aplicativo brasileiro de comparação de passagens aéreas, houve um aumento de 83% na busca por passagens na plataforma para o país entre junho de 2017 e março de 2018.

Porém, muitas vezes, alguns fatores acabam atrapalhando os planos de quem pretende viajar e um deles é o orçamento. Por conta desse dilema, atualmente existem algumas formas de conhecer outros países sem ter que arcar com todos os gastos, uma delas é por meio do Turismo de Propósito. O termo foi desenvolvido pela Worldpackers – plataforma que conecta anfitriões e viajantes interessados em trocar habilidades por acomodação, e visa, por meio das viagens, promover o desenvolvimento pessoal e inspiracional das pessoas.

A Worldpackers liga seus mais de 1 milhão de viajantes cadastrados a cerca de 4 mil anfitriões de hostels, hotéis, pousadas, ONGs e casas de famílias em mais de 170 países, dos quais trocam acomodações por demandas no local, como produção de conteúdos de marketing, cuidados com crianças, serviços de voluntariado, cuidados com animais, recepção de hóspedes, cozinha, organização de festas e eventos, ensino de idiomas, entre várias outras habilidades.

Quer conhecer a Rússia gastando menos? Veja as oportunidades da Worldpackers no país:

Kitchen Hostel

Localizado em São Petersburgo o hostel oferece para o viajante a acomodação, uso da cozinha, desconto em restaurantes locais, lavanderia, carona gratuita do aeroporto até a hospedagem, bicicletas à disposição e dois dias de folga por semana para explorar o país. A experiência que o viajante deve compartilhar por apenas 25 horas na semana é ser guia turístico, promover eventos e realizar apresentações musicais para os visitantes. O local tem um tempo de permanência de no mínimo duas semanas e no máximo cinco.

Safari Hostel

O hostel está localizado na capital, Moscou, e oferece acomodação, café da manhã gratuito, lavanderia e dois dias livres na semana. São 22 horas semanais para a troca de experiências e o viajante pode atuar como guia turístico, na promoção de eventos e realizar apresentações musicais para entreter os convidados. No Safari a estadia mínima é de quatro semanas e a máxima de 13.

Publicado em Destinos

Turismo TV <p>Bolso con estampados típicos españoles. Foto: Grupo LK</p>
Ver vídeo

Quais lembrancinhas os turistas levam da Espanha? (em espanhol) duração: 2.05

Ver mais vídeos

Tags