TURISMO RELIGIOSO

Belém quer reconquistar turismo natalino

Belém quer atrair turistas para festividades natalinas de 2016.

Inauguração da árvore de Natal em Belém, 2015. Foto: EFE

A cidade de Belém, na Cisjordânia, espera que a cidade onde Jesus nasceu recupere a peregrinação e o turismo da temporada de Natal após vários meses de calma na região.

Em um encontro com jornalistas de todo o mundo, a prefeita da cidade, disse estar otimista com as festividades, que são o prato forte da cidade tanto do ponto de vista religioso como econômico, e informou que a ocupação hoteleira neste quadrimestre já está em 83%.

Expectativa pós ofensivas

Em 2014 o clima festivo de Natal na cidade foi abalado pela devastação de Gaza após a ofensiva militar israelense no meio desse ano, e no ano passado pela onda de violência, que até agora causou 242 mortes de palestinos (dois terços deles agressores ou supostos agressores de israelenses) e 38 israelenses, além de alguns estrangeiros.

A onda de violência se atenuou nos últimos meses, e a cidade espera mais turistas para o Natal de 2016, no lugar em que, segundo a tradição cristã, Jesus nasceu.

Apesar das limitações que afetam o desenvolvimento do turismo na Palestina, como a ocupação israelense, a expectativa é que haja “um alto nível de ocupação hoteleira” e os restaurantes e o setor serviços em geral se mantenham ativos e impulsionem a economia.

Belém, cidade histórica

A cidade de Belém, disse a prefeita, é segura, bonita e alegre, como o povo que vive nela, e é história. Belém é uma experiência cultural e humana. Realmente merece ser vista por esta ótica também”.

Sábado foi inaugurada a iluminação da árvore gigante na Praça da Manjedoura, entre a Basílica da Natividade e a Cidade Antiga, ambos declarados Patrimônio da Humanidade, com um público de oito mil pessoas.

“A maneira como apresentamos Belém, a Palestina, faz com que a frase ‘não vá, pode ser perigoso’, se torne só forma de falar, porque a realidade não é assim”, acrescentou.

A temporada natalina em Belém vai até o final de janeiro, porque os ritos cristãos que se guiam pelo calendário juliano acontecem duas semanas depois.

Marcados com: , , , ,
Publicado em Cultura     Destinos

Turismo TV <p>Bolso con estampados típicos españoles. Foto: Grupo LK</p>
Ver vídeo

Quais lembrancinhas os turistas levam da Espanha? (em espanhol) duração: 2.05

Ver mais vídeos

As mais no Efetur

Tags