ARTE

Nasce um novo museu dedicado à arte urbana em Cascais

O museu está situado no “Bairro dos museus”, um modelo importado de capitais europeias como Berlim ou Amsterdã.

Obra de Alexandre Farto, conhecidos "Vhils", em Shanghai. EFE/Silver Young

A localidade portuguesa de Cascais vai contar a partir de outubro com um novo Museu de Arte Urbana e Contemporânea (MARCC), que irá acolher a coleção pessoal do grafiteiro português, Alexander Farto, conhecido como Vhils, uma das referências mundiais da arte urbana.

Trata-se de um novo espaço dedicado à cultura, que surge da colaboração de Cascais (a cerca de 30 quilômetros de Lisboa), com o próprio artista.

Para além da coleção de Vhils (Lisboa, 1987), o museu vai abrigar obras de outros artistas que serão adquiridas posteriormente pelo município e que formarão o “núcleo fundador” do MARCC.

O museu está situado no “Bairro dos museus”, um modelo importado de capitais europeias como Berlim ou Amsterdã com o qual Cascais reforçou a sua oferta cultural nos últimos anos.

Entre a duzia de instalações culturais que o conformam encontra-se a “Casa das Histórias” da pintora portuguesa estabelecida no Reino Unido, Paula Rego (edifício projetado pelo Prêmio Pritzker Eduardo Souto de Moura), o Farol Museu de Santa Marta, o forte de São Jorge de Otaivos ou o Museu do Mar.

Publicado em Cultura

Turismo TV <p>Bolso con estampados típicos españoles. Foto: Grupo LK</p>
Ver vídeo

Quais lembrancinhas os turistas levam da Espanha? (em espanhol) duração: 2.05

Ver mais vídeos

As mais no Efetur

Tags