JAPÃO

Koyasan, o refúgio espiritual nos montes do Japão

Chegar até Koyosan, nas montanhas da província de Wakayama, na região centro-sul do Japão, não é tarefa fácil.

Foto: Wikimedia Commons

No movimentado Japão ainda há lugares nos quais o isolamento e o silêncio são possíveis. O monte Koya, considerado Patrimônio da Mundial Humanidade pela Unesco, é um desses refúgios cheios de templos e espiritualidade afastado dos excessos modernos, onde as rezas dos monges marcam o começo e o fim do dia.

Chegar até Koyosan, nas montanhas da província de Wakayama, na região centro-sul do Japão, não é tarefa fácil. O visitante precisa viajar horas em pequenos trens ou ônibus que atravessam povoados dignos de um filme medieval, por onde os velozes trens-balas não passam.

A magia do monte consiste na necessidade de pernoitar nos templos, que abriram suas portas para os peregrinos há tempos. Atualmente, 52 dos 117 templos de Koyasan oferecem esta possibilidade. Após a porta do Templo Kongobu, o principal, se encontra o maior jardim de rochas do Japão, com 2.349 metros quadrados, o jardim Banryutei.

Em Koyasan, as noites são aproveitadas com um excelente saquê acompanhado de verduras e legumes locais, além de um delicioso tofu que há anos passou a ser feito menos saboroso “para evitar que seu sabor distraísse os monges”, comentou Kiyomi Soeda, de 95 anos, mãe do atual diretor de Koyasan.

 

Marcados com: , ,
Publicado em Dicas