East End, o ponto da cultura hipster em Londres

Se Londres marca as tendências globais, o East End é agora o responsável pela definição das tendências londrinas, e, nos últimos anos, passou de núcleo e símbolo da classe trabalhadora para o centro da cultura hipster e da vanguarda artística da capital britânica, que definiu Shoreditch e Brick Lane como as áreas da moda da cidade.

Brick Lane, no East End londrino. Foto: EFE/Carmen Fuentes

O East End se consolidou como o centro de lazer e como fervedouro cultural moderno, à sombra da City e uma espécie de réplica do West End, cantinho das elites, do luxo e de grande parte do tour indispensável para os milhões de turistas que visitam a capital britânica a cada ano.

O leste de Londres vive uma temporada de esplendor, com Shoreditch na ponta, graças à arte urbana, às novas galerias, aos brechós e aos mercados vintage, além dos pubs e restaurantes que se transformaram nos queridinhos dos londrinos.

Mural em Hoxton Square. Foto: EFE/Cedida por VisitBritain.

Mural em Hoxton Square. Foto: EFE/Cedida por VisitBritain.

Os melhores grafites estão no East End

Os preços impossíveis de West End são, em parte, responsáveis pelo ressurgimento da parte leste de Londres. O East End é uma área tradicionalmente industrial e em decadência desde o fim do século XX. Seus armazéns abandonados se converteram em lojas, galerias de artes, restaurantes e pubs.

Passear por Brick Lane e Shoreditch é fazer um percurso pelo melhor da arte urbana londrina, britânica e internacional, com obras de Banksy, o que deu novas cores – e nova vida – às paredes de ladrilho abundantes no bairro, principalmente em Brick Lane, Shoreditch High Street, Hoxton Street e Fashion Street, murais sempre novos que são, por si só, um bom motivo para visitar o bairro.

O sucesso das rotas para conhecer a arte de rua de Shoreditch reflete o auge de um bairro que tem tanto atrativos quanto Camdem em seus melhores dias, como fica óbvio pelo movimento nos fins de semana em mercados como o Spitafields, o de flores de Columbia Road e o de Brick Lane.

Mercado de Spitafields. Foto: EFE/Cedida por VisitBritain

Mercado de Spitafields. Foto: EFE/Cedida por VisitBritain

Compras para todos os gostos

Brick Lane é o coração da comunidade de Bangladesh em Londres, e o curry e os letreiros em bengali convivem harmoniosamente com novos e modernos bares, os grafites, as lojas vintage e a icônica torre Old Truman Brewert, que já foi a maior fábrica de cerveja de Londres, hoje transformada em centro cultural.

Bares, restaurantes, exposições, shows, food trucks, feiras de artesanato e de roupa completam uma oferta que converteu a antiga cervejaria em uma das principais atrações do East End. E domingo é o dia para aproveitar os mercados de rua.

Mercado de Brick Lane, no East End. Foto: EFE/Cedida por VisitBritain.

Mercado de Brick Lane. Foto: EFE/Cedida por VisitBritain.

Mas os mercados de Brick Lane não são os únicos do East End. Pertinho está o Old Spitafields Market, mercado vitoriano construído em 1876, que abre sete dias por semana, onde se pode encontrar desde antiguidades a artigos de moda, além de vários bares e restaurantes interessantes.

Perto de Brick Lane e Old Spitafields Market, o de Columbia Road, que abre nos domingos de manhã, é o principal mercado de flores de Londres, e um dos mercados mais bonitos da cidade, tanto pelas flores e plantas, mas também por ser onde se pode encontrar acessórios e utilidades de jardinagem em uma rua que é cheia de lojas de antiguidades, roupas e delicatessens.

Se o ladrilho dos edifícios é um dos sinais de identidade do East End, especialmente na Brick Lane, os containers em que o BoxPark de Shoreditch não são menos icônicos, e um exemplo da modernidade arquitetônica em pleno centro da vanguarda londrina.

The Bell, no East End

Taberna “The Bell”, famosa por ser frequentada pelas vítimas de Jack Estripador, muito popular no East End. Foto: EFE/Javier Lizón.

Marcados com: , , ,
Publicado em Destinos     Dicas

Turismo TV <p>Bolso con estampados típicos españoles. Foto: Grupo LK</p>
Ver vídeo

Quais lembrancinhas os turistas levam da Espanha? (em espanhol) duração: 2.05

Ver mais vídeos

Tags