CIDADES DA COPA

Conheça a escondida Kaliningrado, sede da Copa de 2018

Mistura de cultura alemã, russa e polaca, o enclave de Kaliningrado quer mostrar aos turistas do mundo que além de estádio, tem cultura e praia espetaculares. Veja o vídeo.

Entre a Polônia e a Lituânia, o enclave russo de Kaliningrado, região de diferenças políticas e culturais do território soviético quer romper o seu isolamento com a Copa do Mundo de 2018, já que sediará quatro partidas e receberá uma equipe latina.

“O objetivo é criar condições para que o mundo saiba que há um lugar no mapa que se chama Kaliningrado, e que é interessante, agradável e seguro”, comentou Alexandr Rolbinov, vice-presidente do governo local.

A cidade, que foi praticamente varrida do mapa durante a disputa mundial, conserva o seu passado alemão, misturado com o legado soviético, ainda com resquícios da arquitetura típica da antiga Prússia.

Kaliningrado é famosa por ser a capital do âmbar, uma pedra de origem vegetal que se transformou na identidade do enclave e que se encontra a cada esquina.

[Veja o vídeo ao final da matéria]

A cidade, que é vítima das tensões geopolíticas entre o Kremlin e a Aliança Atlântica, não tem fronteira terrestre com o resto da Rússia, por isso habitantes e visitantes só podem viajar ao seu país em avião ou por estrada.

Com mais de 35.000 assentos de capacidade, o Estádio de Kaliningrado se encontra na ilha de Oktiabrski, que tem cerca de 130 hectares situados no coração da cidade. O local foi drenado especialmente para a ocasião, pois até então era um pântano.

Acesso ao estádio

É possível chegar ao estádio em vinte minutos andando, após cruzar as pontes estendidas sobre os canais que unem a ilha ao resto da cidade de cerca de 500 mil habitantes.

“Se poderá chegar em carro, ônibus, bicicleta, patinetes ou cadeira de rodas”, sublinhou Rolbinov.

A inauguração pode ocorrer entre março e maio do próximo ano, quando os outros estádios estejam prontos.

Clima agradável

O pequeno território banhado pelo mar Báltico tem verões suaves e chuvosos, o que será bom para os jogadores que não terão dificuldades de se acostumar, além dos visitantes que não sofrerão com intenso calor.

Essa é uma das vantagens da cidade, já que no resto de sedes do torneio, com a exceção de São Petersburgo, as temperaturas podem atingir 30 graus em junho.

História

Kaliningrado, que é visitada anualmente por mais de um milhão de pessoas, espera receber aproximadamente cem mil visitantes a mais durante o Mundial, entre eles muitos alemães, polacos e dos três países bálticos, independentemente das sanções e dos temores dos países vizinhos ao expansionismo russo.

E é que este enclave foi território alemão até o fim da Segunda Guerra Mundial, quando a União Soviética ‘ganhou’ o território como troféu e mudou o nome de Konisberg para Kaliningrado, em honra ao revolucionário Mikhail Kalinin.

Uma viagem à nostalgia é o que gostam de fazer os alemães no local, especialmente pela imagem do famoso filósofo alemão Immanuel Kant, que nasceu, viveu e morreu em Kaliningrado, onde o túmulo pode ser visitado pelos turistas junto à catedral local.

Voos

Para romper o isolamento de outros territórios, as autoridades explicaram que reataram os voos partindo de Varsóvia, capital polonesa, ao mesmo tempo que aumentaram as conexões com Berlim, Praga, São Petersburgo e Moscou.

É possível chegar via transporte terrestre através de território polaco – três horas de Gdansk,  ou de barco a partir do sul da Europa, Reino Unido e Escandinávia.

O jovem governador de Kaliningrado, Antón Alijánov, contou que muitos pacotes especiais estão sendo preparados por agências de turismo, e a expectativa é atrair principalmente latino-americanos.

Quanto a possíveis atentados terroristas, uma ameaça muito latente ultimamente em diferentes eventos esportivos, as autoridades destacaram que a Frota russa do Báltico garantem a segurança das fronteiras e dos visitantes.

Quem for para a Copa do Mundo e passar por Kaliningrado, ainda, poderá banhar-se nas espetaculares praias de areia branca, algumas delas situadas no litoral divisa com a Lituânia.

Veja imagens de Kaliningrado:

 

Marcados com: , , , , ,
Publicado em Destinos

Turismo TV <p>Bolso con estampados típicos españoles. Foto: Grupo LK</p>
Ver vídeo

Quais lembrancinhas os turistas levam da Espanha? (em espanhol) duração: 2.05

Ver mais vídeos

As mais no Efetur

Tags