China constrói réplica do Titanic em tamanho real

China terá seu próprio Titanic, em tamanho real, para atrair turistas a um resort no centro do país.

Frame do filme "Titanic". EFE/Paramount Pictures/Twentieth Century Fox

Uma réplica em tamanho real do Titanic, o transatlântico que naufragou em 1912 matando mais de 1.500 pessoas, começou a ser construída na província de Sichuan, no centro da China, com a expectativa de se transformar em mais um destino turístico no país.

O barco, com 270 metros de comprimento e 28 de largura, o mesmo que o original, ficará em um reservatório da cidade de Daying, onde permanecerá atracado, fazendo parte do resort turístico de luxo “Seven Star International”.

Fiel aos detalhes

A construtora da embarcação, Wuchang Shipbuilding Industry Corporation, prometeu que o navio será fiel ao projeto do Titanic original e contará também com salão de festas, teatro, piscina e quartos de primeira classe, onde tentarão recriar o estilo de vida dos passageiros de um século atrás.

Quando as obras do novo Titanic terminarem, o que está previsto para meados de 2019, os promotores da obra celebrarão em seu interior festas de época e banquetes em que o menu será semelhante ao servido no Titanic em 1912. Uma concessão à modernidade será a conexão wifi no navio.

A obra, que contou com a assessoria de desenhistas britânicos e americanos, custará um bilhão de iuanes (R$ 502 milhões).

Luxo e simulações

O jornal “South China Morning Post” adiantou que os turistas que visitarem o novo navio poderão participar de simulações que através de novas tecnologias permitirão “experimentar um pouco do horror” que os viajantes viveram naquela noite de 14 de abril de 1912, quando o Titanic naufragou após se chocar com um iceberg no Atlântico norte.

Uma noite nos quartos mais econômicos do novo barco custará três mil iuanes (R$ 1.500), enquanto para pernoitar nos camarotes mais luxuosos a diária chegará a centenas de milhares de iuanes.

Sucesso nas telas na China

A história do Titanic é muito popular na China, especialmente por causa do sucesso do filme homônimo de James Cameron, principalmente em sua versão remasterizada em 3D, lançada em 2012 – pelo centenário do naufrágio – e que alcançou bilheteria maior na China que no próprio Estados Unidos.

Essa popularidade encorajou a construção da réplica, embora o projeto, que tinha sido anunciado para 2013, tenha sido adiado por alguns anos.

Marcados com: , ,
Publicado em Sem categoria

Turismo TV <p>Bolso con estampados típicos españoles. Foto: Grupo LK</p>
Ver vídeo

Quais lembrancinhas os turistas levam da Espanha? (em espanhol) duração: 2.05

Ver mais vídeos

As mais no Efetur

Outros sites

Tags

Serviços