CHINA VOOS

Air China suspende temporariamente todos os voos a Pyongyang

Após a decisão da Air China, atualmente só a companhia aérea norte-coreana Air Koryo opera entre Pequim e Pyongyang com três voos por semana: segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira.

EFE\ Arquivo

A Air China, principal companhia aérea chinesa, anunciou nesta quarta-feira novamente a suspensão temporária de todos os seus voos a Pyongyang, capital da Coreia do Norte, por motivos comerciais, como já fez em abril deste ano com alguns trajetos desta mesma rota.

Em declarações ao site chinês “Pengpai”, fontes da companhia asseguraram que neste caso também trata-se de uma decisão empresarial, devido à baixa demanda e pelo fato de “a venda de passagens nos últimos meses não terem dado os resultados esperados”.

Em abril deste ano, a Air China, a única companhia aérea chinesa que voa desde este país até a Coreia do Norte desde 2008, reduziu temporariamente alguns voos desta rota, o que foi interpretado como uma reação ao aumento da tensão na península coreana.

No entanto, a restrição durou apenas alguns dias e a Air China manteve dois voos semanais entre Pequim e Pyongyang.

Também é habitual que a companhia diminua a quantidade de voos entre ambas cidades durante os meses de inverno, quando o número de passageiros baixa consideravelmente, embora seja a primeira vez que os elimina totalmente.

Após a decisão da Air China, atualmente só a companhia aérea norte-coreana Air Koryo opera entre ambas capitais com três voos por semana: segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira.

Segundo afirmou na terça-feira o porta-voz de Relações Exteriores chinês, Lu Kang, as companhias aéreas tomam suas decisões com base no mercado e estas nada têm a ver com a gestão do Governo.

A medida foi anunciada apenas três dias depois que Song Tao, chefe do Departamento Internacional do Partido Comunista da China (PCCh), viajou para Pyongyang como enviado especial do presidente da China, Xi Jinping, para informar ao regime de Kim Jong-un sobre os resultados do recente XIX Congresso do partido.

Marcados com: , ,
Publicado em Passagens Aéreas